Recent Comments

terça-feira, 24 de março de 2015

INIMIGOS DO EVANGELHO


“Mas os judeus desobedientes, movidos de inveja, tomaram consigo alguns homens perversos, dentre os vadios e, ajuntando o povo, alvoroçaram a cidade, e assaltando a casa de Jasom, procuravam trazê-los para junto do povo.” Atos 17:5


Gibbon que, em sua célebre história do “Declínio e Queda do Império Romano”, deixou um memorial de sua inimizade para com o Evangelho, residiu por muitos anos na Suíça onde, com os lucros de suas obras, comprou uma grande propriedade. Esta propriedade veio a ser a herança de um cavalheiro que, a partir de suas rendas, gastou anualmente uma grande quantia da mesma na promulgação do mesmo Evangelho que seu antecessor insidiosamente se esforçou para minar.


Voltaire se gabou de que com uma única mão iria derrubar o edifício do cristianismo que exigiu as mãos de doze apóstolos para construir. A imprensa que ele empregou em Ferney, para imprimir suas blasfêmias, foi utilizada depois em Genebra, na impressão das Sagradas Escrituras. Assim, o mesmo instrumento usado no trabalho de destruir o crédito da Bíblia foi empregado na divulgação de suas verdades. 

The Sunday School Teacher: A Biblical and Education Magazine, Vol 3, 1877.
Tradução ©Editora Letras 2015





0 comentários:

Postar um comentário